arrowenvelopefacebookinstagramlinked-intwitteryelpyoutube

Um guia para curtir a Parada do Orgulho LGBT em São Paulo

Desde 1999, anualmente, acontece a Parada do Orgulho Gay de São Paulo e, com o passar do tempo, se tornou um dos maiores eventos gay do mundo. Próximo à data, a cidade chega a receber 1.2 milhões de turistas vindos de outras partes do Brasil e do mundo. Este ano, a parada acontecerá no dia 29 de maio e nós preparamos um guia de onde ficar, comer e se divertir se você está vindo celebrar e compartilhar o seu orgulho. Arrume as malas e vamos nessa.

Dormir

Com certeza, você não terá muito tempo para dormir e, por isso, o mais importante é estar em uma área central, não é verdade? Se o seu orçamento permitir, reserve algumas noites no L’Hotel um hotel cinco estrelas conhecido pelas celebs e fashion bloggers, e ele está com um desconto de 27% se você reservar três noites em maio. Outra opção, é o Maksoud Plaza, que também está a poucas quadras da Av. Paulista. Lá, você pode curtir um cocktail feito pelo Spencer Mereno, no Frank Bar, e talvez uma balada com uma vista de cair o queixo no PanAm.

O lobby do Maksoud Plaza
Spencer Mereno preparando drinks no Frank Bar

 

 

 

 

 

 

 

 

Comer 

Nós sabemos que você quer manter aquele corpinho com tudo em cima, mas que tal um fim de semana pé na jaca? São Paulo tem tudo que é preciso para você ter uma experiência gastronômica cinco estrelas do mundo todo. Recomendamos o pão de queijo recheado com pernil e ovo frito acompanhado de uma cerveja artesanal no Conceição & Discos. Ou, talvez, você prefira algo um pouco mais contemporâneo. Nesse caso, você deveria visitar o Bossa e se deliciar com as suas criações. Se você está afim de algo internacional, pode comer um mexicano no La Central, japonês no Kosho ou Izakaya Issa, americano no Frank & Charles ou árabe no Baruk. Não se preocupe, você vai queimar todas essas calorias na parada.

Cerveja Coruja e pão de queijo recheado de pernil no Conceição Discos

Comprar 

Quer levar um souvenir para casa ou comprar um modelito novo e andar por aí como um local? Nós conhecemos o lugar ideal. Todo sábado, na Praça Benedito Calixto acontece uma feira de antiguidades e decoração. Você pode comprar e caminhar por ali com um copo de breja na mão enquanto escuta um bom e velho chorinho. Se isso não é a sua praia, que tal mergulhar no mundo do high-fashion e caminhar pela Oscar Freire e área dos Jardins? Um novo par de Havaianas espera por você. Ou visitar o JK Iguatemi e as suas famosas grifes? Se você é mais fashionista, olhe essa marca local AMP e seus designs e estampas exclusivas.

Beber

Nós sabemos que você ama coquetéis. E se o Frank bar já está na sua lista, você deveria adicionar o Drosophyla também. Essa casa dos anos 20′ serve coquetéis próprios e organiza noites de jazz como ninguém. É um lugar perfeito para começar a noite e flertar um pouquinho. Se quiser descer para o Centrão, não deixe de visitar o Mandíbula ou Paribar, ambos têm uma vibe casual e drinks com um precinho bacana. Você é amante de cerveja? Se a resposta foi um “sim” animado, vá à Vila Madalena e prove algumas das cervejas artesanais no Empório Sagarana ou uma garrafa de 600 ml em uma mesa na calçada, como fazem os paulistanos em qualquer um dos botecos por ali.

Um coquetel delicioso no Drosophyla Madame Lili

Dançar

A gente sabe que você vai dançar muito e que vão rolar inúmeras festas por toda a cidade. Provavelmente, as apostas mais certeiras estão n’A Lôca, e toda a área em volta da Rua Peixoto Gomide, já que terão muitas pessoas em bares e dançando nas ruas etc. Outras opções, são o L’Amour, fica na antiga red light district, na rua Bento Freitas. Hoje, eles fazem festas conceituais e alternativas para o público gay. Skorpius, também no red light district, é uma ótima escolha se você quer uma noite underground em SP. O Yatch é perfeito se você curte baladas e está disposto a pagar R$ 50 em uma dose de vodka. O Bar Secreto sempre tem after parties legais e o evento Flerte tem hits pops, como Beyoncé e Britney, para você ir até o chão.

Cultura e outras coisas… 

São Paulo é cheia de museus para todos os gostos. O MAC (Museu de Arte Contemporânea) tem muitas peças de artistas brasileiros e internacionais e você pode aproveitar a vista 360º do terraço. Outra ótima opção, é o CCBB que ocupa um edifício de 1900 no meio do centro da cidade. Não esqueça de parar para um cafezinho no Cafezal, cafeteria do lugar. O Mirante 9 de Julho é um espaço público com vista para a avenida de mesmo nome e, além do café e da galeria de arte, recebe muitos eventos semanais e instalações culturais. Venha para ver e ser visto.

Vista do Mirante 9 de Julho
Vista do MAC

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nós esperamos que você se divirta à beça em São Paulo. E se você precisar encontrar um lugar para cortar as madeixas ou o shuttle pro aeroporto, não esqueça de buscar no Yelp